quarta-feira, 4 de abril de 2012

A arbitragem atingiu o ponto do escândalo

«Primeiro quero dar os parabéns aos jogadores, de facto, jogámos contra o Chelsea e contra a equipa de arbitragem. O penalty e a expulsão são situações que por mais que tente, e já vi os lances, não entendo. 
Foi uma forma habilidosa de liquidar a equipa, mas ela não se vergou, mesmo com dez fomos sempre melhores. Saímos frustrados porque fomos muito melhores que este Chelsea. 
Em Lisboa também perdemos por fatores estranhos. Hoje, quando estávamos a comandar, com uma exibição soberba, fomos aniquilados. Podíamos não ganhar mas não merecíamos ser derrotados. Estou muito orgulhoso dos jogadores, eles sentiram que são muito melhores. Fomos muito mais equipa que o Chelsea nas duas eliminatórias.» 
 Jorge Jesus

Repetir Novembro de 1991





A noite de 6 de novembro de 1991 é uma data história para a memória do Benfica. Em jogo a contar para a Taça dos Campeões Europeus, e depois de um empate caseiro frente ao Arsenal, o Benfica conseguiu um dos seus mais históricos resultados em noites europeias. 

É esse resultado que o Benfica quererá agora repetir. Em outras duas ocasiões, ambas em Liverpool, o Benfica também conseguiu vitórias que lhe permitiriam o apuramento. Em 2006, frente ao Liverpool, e em 2009, frente ao Everton, o Benfica ganhou por 2-0. Sempre que os encarnados ganharam em partidas realizadas em Inglaterra, essas vitórias foram conseguidas por dois golos de diferença.


Resumo do Jogo AQUI

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin