quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Enzo Perez: "A culpa não foi minha"


Enzo Perez responsabiliza empresários

Enzo Perez explicou a Luís Filipe Vieira que os seus empresários lhe garantiram que conseguiriam que o clube encarnado o emprestasse ao Estudiantes de La Plata e que ficar na Argentina seria uma forma de pressionar o presidente a cedê-lo, o que se veio a revelar uma estratégia inglória...

 

 E agora o que fazer para que este se sinta bem?


Rédea Curta

 

 






1 comentário:

Anónimo disse...

acarinhar e apoiar o jogador.
ele é um grande jogador, precisa de incentivo e nao assobios, poderá ser um jogador essencial no Benfica, mas pra isso é preciso recuperá lo e os adeptos terao uma palavra muito forte nisso.

nao culpem o jogador, este caso é diferente do amorim, o amorim é portugues, sabe bem o que é o Benfica, o enzo ainda nao sabe, é um jogador que chega a um país longiquo do seu, precisa de adaptaçao, lesiona se, é operado, fica meses a recuperar, sente se triste, sozinho, sem motivaçao, é natural que quisesse voltar a "casa", ao seu país e pra junto dos seus, isto poderia acontecer a qualquer jogador portugues noutro país nas mesmas circunstancias.

é preciso receber bem o jogador, ambientá lo, e fazer com que ele começe a amar o clube como muitos jogadores estrangeiros que passaram pelo Benfica.
é uma questao de solideriedade com o jogador, compreender e integrá lo de forma que nunca mais volte a acontecer, nem com ele, nem com outro qualquer jogador do Benfica.
e claro que a estrutura do clube tambem tem que o fazer.

quando estiver adaptado, ambientado e habituado a estar ca, no Benfica e em portugal, tudo estará esquecido.


p.s: nao esquecer que o enzo nuna tinha saido da argentina para jogar noutro clube, é a primeira vez que emigrou.

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin