quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

«As estatísticas são para mudar»



Mais do que uma eliminatória, o Benfica joga hoje contra a história: em 18 jogos na Alemanha, nunca conseguiu voar de volta a Lisboa com o sabor da vitória na bagagem (seis empates e doze derrotas).

Esta será a terceira vez que o Benfica joga em Estugarda.
A final da Taça dos Campeões Europeus de 1988, com o PSV, deu início ao «trauma». Dezasseis anos depois o Benfica regressa a Estugarda, desta feita para defrontar a equipa local, na fase de grupos da Taça UEFA 2004/05. Golos de Cacau, Lahm e Kuranyi ditam nova desilusão (3-0).

Hoje, caso se cumpra a promessa de Jorge Jesus, o Benfica conseguirá o primeiro golo de um clube português em Estugarda:


«Alguma vez tem de ganhar e espero bem que seja a próxima


Sem comentários:

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin