sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Simão não ia ser convocado para o arranque da qualificação do Europeu





Simão Sabrosa não iria ser convocado para a dupla operação Chipre/Noruega, no arranque da fase de qualificação para o Euro 2012. Apesar de pré-convocado, o jogador não iria ser chamado para os dois jogos de 3 e 7 de Setembro.
Simão Sabrosa foi um dos jogadores que confrontou Carlos Queiroz durante o Mundial 2010, com decisões do seleccionador, e não deixa de ser curioso que Simão, na carta da renúncia, enviada à Federação, não tenha mencionado em nenhum momento, a presença no campeonato do mundo da África do Sul, entre as passagens mais importantes com a camisola das "quinas".

Simão Sabrosa renunciou à selecção nacional portuguesa. O extremo, de 30 anos, jogador do Atl. Madrid, comunicou a sua decisão via carta endereçada a Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

No documento, Simão Sabrosa explica que, "em virtude de motivos de ordem pessoal, não poderei estar disponível para representar oficialmente, e como jogador profissional, a Selecção Nacional de Futebol".

Sem comentários:

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin