sábado, 1 de maio de 2010

Autocarro do Benfica apedrejado em Gaia

Pedras e garrafas de champanhe foram atirados ao autocarro dos encarnados na auto-estrada, em Vila Nova de Gaia, antes da ponte da Arrábida. Vidro da frente da viatura ficou partido e um polícia foi ferido.
A chegada do Benfica ao Porto foi carregada de incidentes, com o autocarro encarnado a ser apedrejado na auto-estrada, na zona de Coimbrões, em Vila Nova de Gaia, antes da chegada à Ponte da Arrábida. A comitiva foi surpreendida pelo arremesso de pedras e garrafas de champanhe com tinta azul, vindas de passagens aéreas, que partiram o vidro da frente do autocarro dos encarnados e deixaram ferido um dos polícias que faziam a escolta do Benfica. Além do vidro partido, o autocarro ficou com várias amolgadelas, tal como um dos carros patrulha da polícia.
Jogadores e restantes elementos do Benfica, no entanto, não sofreram quaisquer ferimentos.
Junto ao hotel onde o Benfica está instalado no Porto, a chegada também motivou algumas altercações, com um adepto a ser detido pela polícia.  

7 comentários:

Anónimo disse...

As forças de segurança filmaram toda a cena e poderão, como tal, identificar os responsáveis pelo ataque.

Pedro disse...

É reflexo da escola que o FCP dá

Anónimo disse...

Sou de Gaia, sou Benfiquista e sou grande amigo do líder dos super dragões. Mas é lamentável o facto dos super dragões serem uma cambada de arruaçeiros... Também a maior parte destes individuos reside em bairros dominados pela Droga, nomeadamente o bairro do cedro, o bairro da pasteleira e o bairro de vila d'este. Fernando Madureira, educa as pessoas que, supostamente, lideras!!! Super Dragões = Drogados e Assassinos!!!! Palhaços!!!!

Bimbosfera disse...

Boas! Li o post e os comentários.
Sobre o Madureira, bom, se é amigo dele é consigo, e acredito que ele até possa ser amigo do seu amigo. Agora, virem dar-lhe tempo de antena (a ele, Madureira) e dizer que será difícil conter os ânimos? Difícil? Que tal uma palavra do género »Quem estiver nervoso que não venha ao jogo!», «Não querêmos cá arruaceiros!» ou será que é precisamente isso que eles querem?
Claro que sim, e, caro amigo anónimo, que neste caso respeito o facto de estar anónimo pelo que diz, noutra ocasião, com os ânimos mais serenos, diga-lhe isso, que ele podia, se fosse homenzinho para tal, ter evitado ainda acicatar mais os ânimos das pessoas, sobretudo porque o que aconteceu esta época foi o Benfica jogar muito, os jogadores do Porto baterem em quem os estava a controlar, e que em momento algum se viu uma palavra de humildade dessa besta com nome de super-herói sobre o facto, um pedido de desculpas, nada, só e só dizer parvoíces sobre ele ter feito mal. É que nem mesmo uma única vez assim «fiz mal, não deveria ter respondido aos insultos», ou fosse o que fosse, pois se os insultos foram os que se ouviram «vão lá para dentro» ou «vão para os balneários», meus amigos, isso não é insulto em lado nenhum. Apenas e só a vontade de arranjar confusão, algo que se depreendeu desde o momento em que ele quis ficar para trás no túnel... Não foi um único jogador do Benfica que lá ficou a provocar.

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

http://Bimbosfera.blogspot.com

Jotas disse...

Há que acabar de uma vez por todas com a impunidade reinante com as pessoas ligadas ao FC porto, aquilo funciona como uma rede organizada, uma máfia autêntica.
Ou acabam com a ida de animais ao futebol, ou qualquer dia só eles vão ao futebol a então teremos uma arena para se gladiarem em vez de um estádio de futebol.
Lamentável estes energúmenos cobardes, que se refugiam nos grupos para serem mauzões, que fazem do futebol uma guerra em vez de uma festa.
Temo que isto ainda agora começou.
Como é possível a direcção do Porto ainda não ter vindo publicamente pedir calma aos seus adeptos? Só entendo por uma de duas razões: ou está conivente ou por detrás de tudo isto.

Anónimo disse...

Façam o que fizerem, vão ser engolidos pela onda vermelha!!! Carrega Benfica!! sangue e glória!!!

Anónimo disse...

Drogados,prostitutas,bandidos,escumalha são os tais mandados pelo GURU que despreza familias e laços familiares.
Esta gente se a coisa mandar matar a própria mãe eles fazem-no.
António Nascimento

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin