terça-feira, 10 de novembro de 2009

Omnipresença é só para os Deuses...




Em data de comemorações da queda do Muro de Berlim, o Benfica apenas conseguiu derrubar o Muro da Naval ao minuto 89...

O Benfica desta vez não goleou, mas os adeptos festejaram tanto ou mais como nas anteriores goleadas. Porquê?


Porque foi um golo que valeu em quatro campos, um golo merecidíssimo que trouxe justiça ao resultado.


Porque a vitória neste jogo valia mais que uns simples 3 pontos. 


Se formos campeões esta época, vamo-nos lembrar deste golo arrancado a ferros.


Força Benfica, rumo ás quatro estrelas no peito!


Fantástica  a explosão de alegria dos 42.000 adeptos.
É emocionante ver como Javi Garcia, Luisão e David Luiz reagiram ao golo...
O Glorioso entrou-lhes pelos poros e instalou-se nos seus corações!



1 comentário:

ricardo jorge disse...

não é por nada... mas... aquele mergulho do Di Maria só pode ser gozo... não havia necessidade... contudo não tira mérito ao Benfica que foi superior!

Também Pode Gostar

Blog Widget by LinkWithin